Curso de Pintor Imobiliário é ministrado para adolescentes da Fundação Renascer

 O Curso é feito em parceria com o MP/SE, MPT e pelo Senai

Na manhã desta quinta-feira, 25, a Unidade de Internação Provisória (Usip), administrada pela Fundação Renascer, vinculada à Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (SEASC), realizou o curso de Pintor Imobiliário para 10 socioeducandos que cumprem medida na unidade.

O curso é fruto de uma parceria do Governo do Estado, através da Fundação Renascer, com o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público de Sergipe (MP/SE) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O objetivo é criar alternativas para que os jovens possam se inserir no mercado de trabalho após o cumprimento das medidas socioeducativas.

O instrutor do curso, Victor Abreu, explica que a capacitação conta com aulas práticas e teóricas e ocorrem, no turno matutino e vespertino, na área externa da unidade. “É bastante gratificante poder auxiliar os meninos da Renascer. Durante as aulas eu consigo ver o esforço e a dedicação para aprender tudo que está sendo passado. Nas aulas ensinamos como utilizar o verniz para fazer pintura, todos os procedimentos necessários para a preparação da superfície, o lichamento, a limpeza e o selador para madeira”, relata Victor.  

Os socioeducandos estão contentes com a oportunidade e encaram como um caminho para melhorar sua qualidade de vida. “O curso é muito importante pra gente, é até uma forma de distrair a mente é uma forma de aprender coisas novas. Eu não sonhava que poderia me capacitar ou até mesmo ter uma oportunidade como essa”, fala um dos adolescentes. 

O diretor da Unidade de Internação Provisória, Daniel Rodrigues, declara que a capacitação é um marco histórico para a socioeducação. “O curso é de extrema importância para os socioeducandos. Por meio desta capacitação, os jovens terão oportunidade de conquistar uma  profissão após retornar ao convívio social”, analisa Daniel. 

Oportunidade

Após o curso de Pintor Imobiliário, as cinco unidades socioeducativas vão iniciar em junho a 5° edição do projeto Reciclatec, que abrange cursos de qualificação em informática básica, manutenção de computador, letramento, meio ambiente e aulas sobre princípios fundamentais de ética e cidadania.

Fotos: Mikaella Costa ASCOM/SEASC

Última atualização: 22 de abril de 2024 10:52.

Pular para o conteúdo