Fundação Renascer em parceria com o Governo do Estado promovem cuidados odontológicos a jovens em cumprimento de medida socioeducativa

Até o momento, dois gabinetes odontológicos já foram inaugurados

Na busca por oferecer cuidados integrais aos jovens em cumprimento de medida socioeducativa, a Fundação Renascer, em parceria com o Ministério Público de Sergipe (MP/SE), o Banco do Estado de Sergipe (Banese) e a Secretaria Municipal de Saúde de Nossa Senhora do Socorro (SMS), deu um passo significativo no âmbito da saúde bucal. Com a implantação de dois gabinetes odontológicos, um na Comunidade de Atendimento Socioeducativo Masculina (Casem), unidade modelo em socioeducação, e o segundo na Comunidade de Atendimento Socioeducativo de Internação Provisória Masculina (CASEIP), localizada na Tancredo Neves, em Aracaju.

Para os jovens da unidade ­­­­­­­­­, essa iniciativa representa muito mais do que apenas tratamento odontológico. É uma oportunidade de cuidar do sorriso e, acima de tudo, uma forma para melhorar a qualidade de vida. Um dos adolescentes expressou sua gratidão. “O atendimento odontológico é muito importante pra gente, é até uma forma de cuidar do sorriso e acima de tudo da autoestima. Já fazia um tempo que eu precisava trocar uma restauração e graças à Fundação Renascer consegui. Gostaria de agradecer a todos por uma oportunidade como essa”, disse o adolescente satisfeito.

Para a Enfermeira e responsável técnica de saúde da Fundação Renascer, Eleonora Bastos, os atendimentos odontológicos nas unidades socioeducativas é um marco histórico para o Estado de Sergipe.

“A saúde odontológica, a saúde bucal, ela em oferta interna traz para o adolescente o conforto de não estar sendo, muitas vezes, passando por exposição nas unidades básicas, a demora do atendimento externo, que estando internamente a agilidade para oferecer assistência muito maior. Essa parceria exemplar entre instituições demonstra o compromisso com o bem-estar e a integridade dos jovens em situação socioeducativa, evidenciando que cuidar da saúde bucal é também cuidar do futuro e da dignidade desses adolescentes”, pontuou.

O cirurgião-dentista Luan Corado, responsável pelos atendimentos da Casem, destaca que a iniciativa vai além do tratamento.  “Nesse momento da avaliação, nós já aproveitamos e realizamos uma limpeza na condição que ele chega, faz uma limpeza, faz uma profilaxia que nós chamamos, para que assim o adolescente seja inserido já em tratamento de saúde bucal”, enfatizou.

Última atualização: 9 de maio de 2024 10:45.

Pular para o conteúdo