Fundação Renascer promove oficina de teatro para adolescentes

A atividade ocorreu na manhã desta quinta-feira, 4

Na manhã desta quarta-feira, 4, duas adolescentes da Unidade Feminina (Unifem), administrada pela Fundação Renascer, vinculada à Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seasc), participaram de uma oficina de teatro no espaço multidisciplinar da instituição. A atividade faz parte do calendário institucional da unidade e ocorre semanalmente.

 As oficinas de teatro proporcionam um espaço de arte, educação, um ambiente lúdico e descontraído, no qual jovens se expressam, conversam e se permitem experiências novas, como ressalta o professor de teatro, Márcio Santana. “Nas aulas, utilizamos de jogos teatrais para trabalhar concentração, dicção, falar em público, expressão corporal, senso crítico, entre outros. Já com relação às peças, elas são em sua maioria temáticas e educativas. Sempre trabalhando temas que levem os adolescentes e o público a reflexão sobre o que está sendo passado, entre as temáticas que já apresentamos estão: consciência negra, violência contra a mulher, meio ambiente, estatuto da criança e do adolescente, sustentabilidade, entre outros”, enfatizou. 

 Para a socioeducanda, a oficina de teatro é uma forma de se conectar com a cultura artística. “Quando participo dessas aulas, sempre acho interessante as encenações e sempre me vejo com um olhar artístico. Esse é um momento que eu tento aproveitar o máximo para aprender. Uma oportunidade única. Agradeço ao professor Márcio e a equipe da Unifem”, disse. 

Novas oportunidades na socioeducação

No próximo dia 10 de maio, será implantado a 5ª edição do projeto Reciclatec, em todas as unidades socioeducativa da Fundação Renascer: Comunidades de Atendimento Socioeducativo de Semiliberdade São Francisco de Assis (Case I e II); Comunidade de Atendimento Socioeducativo Masculina (Casem); Unidade Feminina (Unifem) e a Unidade de Internação Provisória (Usip).

O projeto abrange os cursos de informática básica, manutenção de computador, letramento, meio ambiente e aulas sobre princípios fundamentais de ética e cidadania. Com duração de três meses, o projeto também conta com a parceria do Ministério Público Estadual e trabalha com os temas presentes na agenda de 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), que visa à inserção dos jovens no mercado profissional, com ações voltadas para educação, meio ambiente e ecologia. 

Segundo o presidente da entidade, Samuel Barreto, o projeto Reciclatec é um marco histórico para a socioeducação.  “Estamos organizando as salas e a equipe de professores qualificados para capacitar todos os jovens da Fundação Renascer. Capacitar é o nosso principal objetivo”, declarou.

Última atualização: 4 de maio de 2023 12:21.

Pular para o conteúdo