Socioeducandos do CASE I debatem importância do ‘Janeiro Branco’

 

A Casa São Francisco de Assis (CASE I), realizou na manhã de hoje debates técnicos em alusão às doenças mentais. Treze adolescentes se reuniram na sala de aula da unidade para aprender um pouco sobre o que o tema que está incluída mundialmente na campanha Janeiro Branco. A palestra contou ainda com a participação do Psicólogo Carlos Mario, e da coordenadora técnica Carla Vanessa.

O evento busca também mobilizar os familiares dos adolescentes e a sociedade em geral a favor da saúde mental, e do bem-estar de todos.  De acordo com o Psicólogo Mario, lamentavelmente esse tema segue apontado como um tabu em meio às famílias. “Nem todo mundo sabe que o Janeiro Branco representa para a vida. Eu como psicólogo tenho o dever de orientar a sociedade sobre a principal finalidade do tema. Aqui na Fundação Renascer separei alguns trechos sobre o assunto para mostrar aos meninos a importância que a campanha possui para todos nós”, declarou.

A assistente social Rita de Cássia, que diariamente acompanha a rotina dos socioeducandos, relatou que a atividade é imprescindível para os meninos que cumprem medida socioeducativa amplifiquem o conhecimento sobre o assunto. “Eles acompanharam atentamente cada descrição que foi desenvolvida. Desenvolvemos um apanhado de perguntas para eles soltarem um pouco a timidez e o resultado foi bastante positivo”, avaliou.

Última atualização: 29 de outubro de 2018 16:16.

Pular para o conteúdo