Unidade Modelo em socioeducação do país completa 5 anos de atividades

A unidade acolhe 37 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas

Esta semana, a Comunidade de Atendimento Socioeducativa Masculina (Casem), administrada pela Fundação Renascer, completou cinco anos de atividade socioeducativa. A unidade modelo em socioeducação no país, está em funcionamento desde o final de 2018, e conta com estrutura física sintonizada com o que dispõem o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).  A unidade acolhe 37 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas.

A coordenadora técnica da Casem, Érica Aragão, destaca os avanços significativos desde a abertura da unidade. “Nós superamos a superlotação e criamos um espaço amplo e acolhedor, que oferece atividades artísticas, esportivas, educativas, de saúde e psicossociais, além de diversos cursos profissionalizantes. Esta estrutura nos permite garantir e melhorar a qualidade do nosso trabalho”, afirma Aragão.

Ainda segundo ela, hoje a medida socioeducativa de privação e restrição de liberdade em Sergipe continua sendo uma referência no atendimento prestado ao seu público. A unidade é um exemplo de sucesso na implementação de medidas socioeducativas que combinam restrição de liberdade com oportunidades de aprendizado e crescimento pessoal. A Casem estende seu impacto através da colaboração com o Sistema de Justiça e a assistência social, contribuindo para a construção de um projeto socioeducativo contínuo e eficaz”, afirma. 

*Avanços no sistema socioeducativo* 

A Casem ocupa uma área total de 21.000 m², dos quais 7.000 m² são de área construída. O espaço conta com salas de aula e oficina, auditório, centro ecumênico, quadra poliesportiva e anexos, oito alas, refeitórios climatizados, área de convivência para visitas e enfermaria. Na Casem, os jovens internos participam, semanalmente, de oficinas de música, artesanato e artes plásticas, capoeira, teatro, informática e manutenção de computadores, além de atividades esportivas e aulas escolares.

Para o diretor da unidade, Rodrigo Oliveira, este aniversário de cinco anos não é apenas um marco para a Casem, mas também um testemunho do progresso contínuo no campo da socioeducação no Brasil. “Estamos provando que é possível criar ambientes que promovam a reabilitação social com dignidade e respeito na socioeducação do Brasil”, destacou.

Última atualização: 30 de novembro de 2023 10:41.

Pular para o conteúdo