Unidades socioeducativas recebem conversores digitais

Na manhã de quarta-feira, 30, a empresa Seja Digital ofertou cerca de doze conversores digitais para Fundação Renascer. Os aparelhos serão instalados nas seis unidades de atendimento socioeducativo, como o Centro de Atendimento ao Menor (CENAM), Unidade de Internação Provisória (USIP), Casa São Francisco de Assis (CASE I e II), Unidade Feminina (UNIFEM) e o Centro Educacional de Menores Eronildes de Carvalho (CEMEC).

O presidente de Fundação Renascer, Wellington Mangueira recebeu os conversores. “Agradeço profundamente a  empresa Seja Digital pela doação dos conversores digitais, agora nossos adolescentes terão educação e diversão em formato digital”, destacou.

Os equipamentos serão utilizados para realização das atividades pedagógicas e lúdicas que são ministradas todos os dias nas salas de aula das instituições. E como prever o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) naLei 8.069, de 13 de julho de 1990, no Art.3, toda criança  entre doze e dezoito anos de idade tem o direito de receber atividades para aperfeiçoar o conhecimento sociocultural . “A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana”, lembrou Wellington Mangueira.

Última atualização: 29 de outubro de 2018 16:16.

Pular para o conteúdo